segunda-feira, 28 de março de 2011

AMANTES DAS BICICLETAS REIVINDICAM ECOPISTA PARA O RAMAL FERROVIÁRIO BEJA – MOURA

No passado dia 27 de Março, domingo, pelas 9.30 um grupo de cerca de 150 betetistas, promoveram uma jornada épica para promover e divulgar um trilho invulgar: o antigo ramal ferroviário que ligava Beja a Moura!
Este ramal foi encerrado em 1990, portanto há precisamente vinte um anos, tendo sido votado ao mais completo abandono! As estações e apeadeiros que serviram quase um século as populações de Beja, Baleizão, Quintos, Serpa, Brinches, Pias e Moura, isto é, a Margem Esquerda do Rio Guadiana já não se enchem de gente, mas apenas de destruição e lixo!
Ramal Ferroviário que se encontra instalado na jurisdição de três Concelhos de Beja, Serpa e Moura.
Não sabemos quem tem mais responsabilidade: Autarquias, REFER, ou outros. Sabemos apenas o que queremos: que seja reabilitada a via, de modo a servir para fins turísticos, onde circulem bicicletas e pedestres, pois o trajecto que ela percorre é dos mais bonitos testemunhos de um verdadeiro país rural (destaco o troço a seguir à ponte, onde podemos circular como se estivéssemos numa varanda debruçada sobre o rio, para citar apenas um exemplo) que há muito teima em existir.
Todos aqueles que vivemos numa região e a amamos temos responsabilidades e o dever de exigir que os poderes, sejam eles quais forem, façam o melhor para que ela se desenvolva e o abandono e o desleixo não são exemplo para ninguém.
Assim, escolhemos, como não podia deixar de ser, o nosso meio de transporte favorito a Bicicleta para reivindicar a alguns aquilo que é de todos.
Como nos propusemos dia 27 de Março à hora marcada lá estávamos na Estação de Beja para pedalar ao longo de 70 km, ora em cima da linha, ora por single tracks paralelos, ora por outros caminhos laterais, enfim, assim, honramos a memória daqueles tempos em que a velha automotora gingava com pachorra, como se estivesse a pedir-nos para abrirmos os olhos e admirar tamanha beleza.
Ao longo do percurso parámos em várias Estações e Apeadeiros onde constatarmos o seu estado de degradação e abandono a que estão dotadas, que registamos com fotos, para enviar e tentar sensibilizar as Entidades com responsabilidade neste Assunto.
Esta iniciativa partiu do Professor Carlos Azedo em parceria com a Empresa de Eventos e Animação Turística “Cabra Montês” e as Juntas de Freguesia de Quintos e Pias que também se aliaram ao evento, participando com fartos abastecimentos aquando da nossa passagem por aquelas Freguesias.

Fotos e texto: José Eusébio

Sem comentários:

Enviar um comentário