sábado, 30 de outubro de 2010

8ª. CICLOPEREGRINAÇÃO ALGARVE – FÁTIMA 2010


Realizou-se de 9 a 13 de Outubro de 2010 a 8ª. Cicloperegrinação Algarve – Fátima, numa organização da Associação de Ciclismo do Algarve com o apoio da Câmara Municipal de Albufeira, as inscrições excederam todas as expectativas inicialmente previstas. “Este ano batemos o recorde de inscrições com 310 participantes, 260 ciclistas e 50 acompanhantes”, salientou o vice-presidente da Associação de Ciclismo do Algarve, Bernardino Caliço.

A dimensão do evento tem aumentado de ano para ano, o que acarreta medidas de segurança mais restritas. “A caravana da Cicloperegrinação estende-se ao longo de um quilómetro, o que nos obriga a adoptar determinados procedimentos para evitar problemas. Ao longo de oito anos, não temos registo de qualquer acidente de relevo”, destacou o major Vítor Calado, responsável pela segurança da prova.

Foram 4 as etapas que os cicloperegrinos tiveram de percorrer até chegar ao Santuário de Fátima num total de 424 quilómetros, tal como nas edições anteriores houve a missa da bênção dos cicloperegrinos à chegada e posteriormente, a habitual participação nas cerimónias religiosas de dia 12 e dia 13 de Outubro e o habitual Jantar de encerramento no dia 23 de Outubro.
Dia 9 de Outubro: - 1ª. Etapa Albufeira – Aljustrel (Total: - 130 Quilómetros)
Após uma breve cerimónia religiosa celebrada pelo Padre Manuel Coelho e votos de boa viagem por parte do Presidente da Câmara Municipal de Albufeira, Desidério Silva e prestados alguns esclarecimentos e informações pela organização e chefe da segurança sobre o desenrolar da iniciativa, o grupo saiu de Albufeira por volta das 10H30, passando por Loulé, Barranco do Velho pela difícil subida da Serra do Caldeirão chegada ao Ameixial onde foi servido o abastecimento para retemperar as forças para a segunda parte da etapa, continuamos até Almodôvar onde se encontrava uma numerosa multidão que aplaudiu a nossa passagem, atravessamos Castro Verde e seguimos em direcção a Aljustrel onde fomos recebidos pelo Presidente da Câmara e muitos populares que nos aplaudiram saudando a nossa chegada à Vila Mineira.
Percurso que se realizou sempre com o céu bastante nublado e ocorrência de alguns chuviscos pelo meio.
Para o efeito, a Câmara Municipal Aljustrel disponibilizou o apoio da sua Secção de Desporto e cedeu um autocarro e várias infra-estruturas que permitiram proporcionar as melhores condições ao nível da alimentação e dormidas aos mais de 300 “cicloperegrinos”.
Pelas 21H00, celebrada eucaristia na Igreja Matriz de Aljustrel onde participaram vários cicloturistas.
Dia 10 de Outubro: - 2ª. Etapa Aljustrel – Montemor-o-novo (Total: - 139 Quilómetros)
Concentramo-nos junto à Câmara Municipal de Aljustrel com a presença do presidente da Autarquia a desejar-nos uma boa viagem e óptimas pedaladas, às 08H00 saímos para a segunda etapa passando por Ervidel, Santa Vitória, Penedo Gordo, Beja, S. Matias, Vidigueira chegada à Vila de Portel onde foi servido o reabastecimento para retemperar forças para a segunda parte da etapa continuamos por Monte do Trigo, S. Mancos, Évora, S. Matias e chegada a Montemor o Novo sempre debaixo de uma intensa chuva.
Chegados a Montemor-o-novo pelas 14H00 tomamos um duche e fomos almoçar no Refeitório da Escola Secundária local, passamos o resto do dia a passear pela Vila, pelas 21H00 assistimos à eucaristias na Igreja do Hospital de S. João de Deus, terminada a homilia fomos descansar para estarmos preparados para mais uma jornada, pernoitamos no Pavilhão de Feiras e Exposições.
Dia 11 de Outubro: - 3ª. Etapa Montemor-o-novo – Alpiarça (Total: - 85 Quilómetros)
O 3º dia da Ciclo Peregrinação, com uma extensão de 85 Quilómetros, partimos pelas 08 horas chegamos pelas 15 horas a Alpiarça, onde a forma de bem receber dos habitantes de Alpiarça é algo muito apreciado por todos.
Partimos de Montemor-o-Novo passando Foros de Vale de Figueira, Lavre, Santana do Mato, Coruche, Raposa, Almeirim, Alpiarça.
Ao contrário dos primeiros dias o S. Pedro brindou-nos com um dia soalheiro e uma temperatura amena, convidativa à prática da modalidade.
Em Alpiarça pernoitamos no Pavilhão dos Desportos, as refeições foram fornecidas no Pavilhão de Feiras e Exposições pela Fundação José Relvas a quem deixamos os nossos agradecimentos, pelas magníficas refeições fornecidas e pela simpatia das senhoras que servem naquela prestimosa Fundação.
O resto da tarde foi ocupado em passeio pela Vila, pelas 21H00 assistimos à eucaristia na Igreja Matriz de Alpiarça, terminada a homilia fomos descansar para estarmos preparados para mais uma jornada de óptimas pedaladas.
Dia 12 de Outubro: - 4ª. Etapa Alpiarça – Fátima (Total: - 70 Quilómetros)
O 4º dia após o pequeno almoço partimos de Alpiarça pelas 08H00 passando, por Vale de Cavalos, Chamusca, Golegã, Torres Novas pela difícil subida da Serra dos Candeeiros na zona do Pafarrão, que foi percorrida com maior ou menor dificuldade consoante a forma física de cada um dos Ciclo Peregrinos.
O dia apresentou-se com uma sol radiante e uma temperatura amena convidativa a uma manhã de óptimas pedaladas.
Pelas 12H00 chegamos a Fátima, seguimos em direcção à Basílica onde celebrou missa de recepção aos ciclos peregrinos o Padre Manuel Coelho, seguindo-se o almoço no Hotel São Nuno, terminada então mais uma jornada de aventura e longas pedaladas.
Por motivos profissionais para mim e para a minha equipa terminava aqui a nossa prestação, regressamos então às nossas residências, muitos dos Ciclo peregrinos continuaram em Fátima para assistirem às cerimónias religiosas de 12 e 13 de Outubro, pernoitando no Pavilhão do Centro de Estudos de Fátima, regressaram aos seus lares em Autocarro da Câmara Municipal de Albufeira na tarde do dia 13.
Toda a peregrinação decorreu num clima de amizade, camaradagem e convívio entre todos os participantes, onde se fizeram muitas amizades que jamais nos esqueceremos, muitos deixaram a promessa de voltar na próxima edição.
Temos a lamentar alguns acidentes que ocorreram ao longo da peregrinação, mas nada de grave, votos de rápidas melhoras e que voltem muito em breve ao nosso salutar convívio.
Parabéns à BT/GNR de Albufeira que se empenharam ao máximo na regulação do trânsito zelando pela segurança do evento, numa actuação de cinco estrelas.
Deixo aqui uma palavra de apreço a toda a organização em especial ao João Espada, Major Vítor Calado, Senhor Bernardino Caliço, Dona Fátima que foram incansáveis na organização de mais uma Cicloperegrinação que já envolve uma enorme logística, contribuíram assim para o êxito de mais uma iniciativa.

Sem comentários:

Enviar um comentário